Coração | Margens e faces

Faces

Em sua orientação anatômica típica, o coração possui 5 faces (superfícies), formadas por diferentes divisões internas do coração:

Face esternocostal (anterior) – ventrículo direito.

Face basal (ou posterior) – átrio esquerdo.

Face diafragmática (inferior) – ventrículos esquerdo e direito.

Face pulmonar direita – átrio direito.

Face pulmonar esquerda – ventrículo esquerdo.

DRAKE, R.L.; VOGL, W.; MITCHELL, A.W.M. GRAYʾS Anatomia para estudantes. 2 Ed. Rio de Janeiro, Elsevier, 2010.

Margens

O coração parece trapezoide nas vistas anterior e posterior.

As quatro margens do coração são:

Margem direita – átrio direito;

Margem inferior – ventrículo esquerdo e ventrículo direito;

Margem esquerda – ventrículo esquerdo (e parte do átrio esquerdo);

Margem superior – átrio direito e esquerdo e grandes vasos.

Sulcos externos do coração

O coração é uma estrutura oca, e em seu interior, é dividido em quatro câmaras. 

Essas divisões criam depressões na superfície externa do coração conhecidas como sulcos.

 

sulco coronário  (ou sulco atrioventricular) corre transversalmente ao redor do coração.

Representa a parede que divide os átrios dos ventrículos.

Contém a artéria coronária direita, a veia cardíaca parva, o seio coronário e o ramo cincunflexo da artéria coronária esquerda.

 

Os sulcos interventriculares anteriores e posteriores podem ser encontrados correndo verticalmente em seus respectivos lados do coração. 

Eles representam a parede que separa os ventrículos.

o sulco interventricular anterior está na superfície anterior do coração e contém a artéria interventricular anterior e a veia cardíaca magna.

E o sulco interventricular posterior está na face diafragmática do coração e contém a artéria interventricular posterior e a veia interventricular posterior (cardíaca média).

 

DRAKE, R.L.; VOGL, W.; MITCHELL, A.W.M. GRAYʾS Anatomia para estudantes. 2 Ed. Rio de Janeiro, Elsevier, 2010.
DRAKE, R.L.; VOGL, W.; MITCHELL, A.W.M. GRAYʾS Anatomia para estudantes. 2 Ed. Rio de Janeiro, Elsevier, 2010.

Seios pericárdicos

Os seios pericárdicos não são os mesmos que os “seios anatômicos” (como os seios paranasais). 

São passagens formadas pela maneira única em que o pericárdio se dobra em torno dos grandes vasos.

 

seio pericárdico oblíquo é uma passagem final cega (beco sem saída) localizada na face posterior do coração.

 

seio pericárdico transverso é encontrado superiormente no coração. 

Pode ser usado em cirurgia de revascularização miocárdica.

MOORE: Keith L. Anatomia orientada para a clínica. 7 ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2014.
NETTER: Frank H. Netter Atlas De Anatomia Humana. 5 ed. Rio de Janeiro, Elsevier, 2011.

Referências Bibliográficas

BONTRAGER: Kenneth L.;  John P.  Manual Prático de Técnicas e Posicionamento Radiográfico. 8 ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2015.

DRAKE, Richard L.; VOGL, A. Wayne; MITCHEL, Adam W. M.: Gray’s anatomia clínica para estudantes. 3 ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2015.

HALL, John Edward; GUYTON, Arthur C. Guyton & Hall tratado de fisiologia médica. 13 ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2017.

NETTER: Frank H. Netter Atlas De Anatomia Humana. 5 ed. Rio de Janeiro, Elsevier, 2011.

MOORE: Keith L. Anatomia orientada para a clínica. 7 ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2014.

SOBOTTA: Sobotta J. Atlas de Anatomia Humana. 21 ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2000.

Gostou do conteúdo? Ajude-nos compartilhando em suas redes sociais.
Scroll Up