O diencéfalo está localizado medialmente, entre os hemisférios cerebrais. 

É constituído pelo: tálamo, hipotálamo, epitálamo, metatálamo e subtálamo. 

Relaciona-se com o IIIº ventrículo.

Tálamo

São duas massas ovaladas, localizadas lateralmente ao IIIº ventrículo. 

Sua porção anterior é denominada de tubérculo anterior do tálamo, e está localizada próxima ao forame interventricular (forame que comunica os ventrículos laterais com o IIIº ventrículo). 

A parte posterior do tálamo é dilatada, denominada de pulvinar do tálamo. 

Inferiormente ao pulvinar do tálamo está localizado o metatálamo

O tálamo é constituído, internamente, por vários núcleos

A maior parte dos núcleos talâmicos está relacionada com estímulos sensitivos tornando o tálamo um relé para as vias sensitivas. 

O tálamo está associado ao controle somático, visceral e o sistema emocional.

NETTER: Frank H. Netter Atlas De Anatomia Humana. 5 ed. Rio de Janeiro, Elsevier, 2011.
NETTER: Frank H. Netter Atlas De Anatomia Humana. 5 ed. Rio de Janeiro, Elsevier, 2011.

Hipotálamo

Está localizado inferiormente ao tálamo, separado deste pelo sulco hipotalâmico. 

 

O hipotálamo é constituído por

 

Quiasma óptico (cruzamento das fibras nasais da retina); 

Corpos mamilares (duas dilatações localizadas na fossa interpeduncular, formada por núcleos mamilares; 

Túber cinério (formação triangular localizada entre o quiasma óptico e os corpos mamilares); 

Infundíbulo (estende-se do túber cinério até a hipófise); 

E hipófise

 

No interior do hipotálamo são encontrados diversos núcleos

O fórnice divide os núcleos hipotalâmicos em grupos lateral e medial. 

 

O hipotálamo está envolvido com diversas funções orgânicas, como: 

Controle da parte autônoma do sistema nervoso, sede, fome, saciedade, regulação da temperatura, controle endócrino, sono, vigília, regulação da diurese e sensações relacionadas ao prazer e raiva.

NETTER: Frank H. Netter Atlas De Anatomia Humana. 5 ed. Rio de Janeiro, Elsevier, 2011.

Epitálamo

Localizado superiormente ao mesencéfalo e, separado desde pela comissura posterior. 

Apresenta formações endócrinas e não endócrinas

A principal formação endócrina é a glândula pineal (localizada inferiormente o esplênio do corpo caloso). 

A glândula pineal atua sobre as gônadas (testículos ou ovários), e produção cíclica de melatonina

O órgão subcomissural é outra formação endócrina do epitálamo, está localizado abaixo da comissura posterior e participa do controle da glândula supra-renal

 

As formações não endócrinas do epitálamo são: 

Trígono das habênulas (contendo os núcleos habenulares); 

Comissura das habênulas; 

Estrias medulares; 

E a comissura posterior. 

 

Com exceção da comissura posterior, todos os outros estão relacionados com o sistema límbico

A comissura posterior apresenta fibras nervosas provenientes do núcleo parassimpático do nervo oculomotor (“núcleo de Edinger Westphal”), influenciando no reflexo consensual.

NETTER: Frank H. Netter Atlas De Anatomia Humana. 5 ed. Rio de Janeiro, Elsevier, 2011.
NETTER: Frank H. Netter Atlas De Anatomia Humana. 5 ed. Rio de Janeiro, Elsevier, 2011.

Metatálamo

Localizado inferiormente ao pulvinar do tálamo, apresenta duas formações os corpos geniculados lateral e medial

 

No corpo geniculado lateral está localizado o quarto neurônio da via visual, que envia fibras nervosas para o lobo occipital (cúneo e giro occipitotemporal medial). 

O corpo geniculado lateral estabelece conexão com o colículo superior do mesencéfalo, por meio do braço do colículo superior. 

 

O corpo geniculado medial estabelece conexão com o colículo inferior do mesencéfalo por meio do braço do colículo inferior. 

No corpo geniculado medial está localizado o quarto neurônio da via auditiva.

NETTER: Frank H. Netter Atlas De Anatomia Humana. 5 ed. Rio de Janeiro, Elsevier, 2011.

Subtálamo

Localizado entre o tálamo (superiormente) e o mesencéfalo (inferiormente), e entre a cápsula interna (lateral) e hipotálamo (medial). 

O subtálamo é a menor formação diencéfalica, sua principal formação é o núcleo subtalâmico, relacionado com o controle do movimento somático.

Hipófise

É a glândula mestre do sistema endócrino, regulada pelo hipotálamo. 

Está alojada na sela turca do osso esfenóide e, isolada por uma prega da dura-máter denominada de diafragma da sela. 

Fibras nervosas provenientes do hipotálamo alcançam a hipófise por meio do infundíbulo. 

A hipófise é constituída por duas formações distintas: uma glandular, andenohipófise (anterior); e nervosa denominada de neurohipófise (posterior). 

Cada parte da hipófise secreta hormônios específicos.

 

Adenohipófise: hormônio do crescimento (GH), hormônio tireo-estimulante (TSH), hormônio adenocorticotrópico (ACTH), prolactina, hormônio luteinizante e hormônio folículo-estimulante.

 

Neurohipófise: hormônio antidiurético (ADH – vasopressina) e ocitocina.

NETTER: Frank H. Netter Atlas De Anatomia Humana. 5 ed. Rio de Janeiro, Elsevier, 2011.

Referências Bibliográficas

BONTRAGER: Kenneth L.;  John P.  Manual Prático de Técnicas e Posicionamento Radiográfico. 8 ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2015.

DRAKE, Richard L.; VOGL, A. Wayne; MITCHEL, Adam W. M.: Gray’s anatomia clínica para estudantes. 3 ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2015.

HALL, John Edward; GUYTON, Arthur C. Guyton & Hall tratado de fisiologia médica. 13 ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2017.

KANDEL, E.R.; SCHWARTZ, J.H.; JESSELL, T.M. Princípios da Neurociência. São Paulo: Manole, 2003.

NETTER: Frank H. Netter Atlas De Anatomia Humana. 5 ed. Rio de Janeiro, Elsevier, 2011.

NOBESCHI: L.  Anatomia do Sistema Nervoso. 1 ed. São Paulo, 2010.

MACHADO, Angelo B.M.; HAERTEL, L. M.  Neuroanatomia funcional. 3 ed. São Paulo: Atheneu, 2006.

MOORE: Keith L. Anatomia orientada para a clínica. 7 ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2014.

SOBOTTA: Sobotta J. Atlas de Anatomia Humana. 21 ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2000.

Gostou do conteúdo? Ajude-nos compartilhando em suas redes sociais.
Fechar Menu
Scroll Up