A cervical é a parte da coluna vertebral que ocupa a região do pescoço e se estende até a região do tórax.

Esta região é composta por 7 vértebras, sendo a primeira o atlas, a segunda o áxis e as demais C3 a C7 (esta última chamada também de proeminente).

 

As vértebras cervicais tem como características:

Faces articulares superiores e inferiores orientadas transversalmente (permitindo uma maior amplitude em movimentos de rotação);

Forames transversários;

Processo espinhoso bífido;

Corpo vertebral pequeno.

Todas as vértebras, de todas as regiões (exceto Atlas) possuem as seguintes estruturas:

Corpo da vértebra;

Pedículo;

Lâmina;

Processo transverso;

Processo espinhoso;

Facetas articulares superiores e inferiores;

E forame vertebral.

https://teachmeanatomy.info/

Atlas

É a primeira vértebra cervical e recebe esse nome por sustentar, assim como o titã da mitologia grega, o globo da cabeça.

Sua característica mais marcante é não possuir corpo vertebral.

Funciona como um apoio ao crânio, é a vértebra responsável por ser articular com o áxis e permitir os amplos movimentos que possuímos entre a cabeça e a coluna vertebral.

Áxis

É a segunda vértebra cervical e tem esse nome por formar um eixo de rotação para a cabeça (crânio), através do atlas, ao redor do seu dente.

Sua característica mais marcante é o seu dente, que a distingue facilmente das demais vértebras.

Graças a esse tipo de articulação podemos fazer o movimento de rotação da cabeça. 

Também conhecido vulgarmente como movimento de “não”, quando dizemos “não” com a rotação da cabeça.

Sétima vértebra cervical - C7

É bem parecida com as demais, porém possui um processo espinhoso longo e bem proeminente, sendo esta sua característica especial. 

Por isso recebe o nome de vértebra proeminente.

Note na mesma figura que a 4º vértebra cervical apresenta um processo espinhoso bífido, bifurcado. 

Na maioria das pessoas esse é o padrão mais encontrado.

Referências Bibliográficas

BONTRAGER: Kenneth L.;  John P.  Manual Prático de Técnicas e Posicionamento Radiográfico. 8 ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2015.

DRAKE, Richard L.; VOGL, A. Wayne; MITCHEL, Adam W. M.: Gray’s anatomia clínica para estudantes. 3 ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2015.

HALL, John Edward; GUYTON, Arthur C. Guyton & Hall tratado de fisiologia médica. 13 ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2017.

NETTER: Frank H. Netter Atlas De Anatomia Humana. 5 ed. Rio de Janeiro, Elsevier, 2011.

MOORE: Keith L. Anatomia orientada para a clínica. 7 ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2014.

SOBOTTA: Sobotta J. Atlas de Anatomia Humana. 21 ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2000.

Gostou do conteúdo? Ajude-nos compartilhando em suas redes sociais.
Fechar Menu
Scroll Up